Utilidade pública: Saiba como higienizar alimentos, embalagens e sacolas

Especialista em Segurança Alimentar da Cencosud Brasil dá dicas a clientes de supermercados

Em tempos de pandemia, não apenas a higienização dos alimentos in natura, mas também das embalagens de produtos industrializados são recomendadas para garantir a segurança de quem chega das compras no supermercado. Maria Luisa Collares, gerente de Segurança Alimentar da Cencosud Brasil, quarta maior supermercadista do país, esclarece quais os procedimentos a serem adotados.

Em relação a produtos in natura, como frutas, legumes e verduras, é indicada a higienização com uma solução de hipoclorito de sódio, que pode ser produzido em casa na proporção de uma colher de sopa de água sanitária para um litro de água. Também há desinfetantes hortifrutícolas prontos a venda. É preciso lavar as frutas, legumes e verduras em água corrente e deixar os alimentos imersos na solução por 10 minutos. Em seguida, enxaguá-los novamente, deixar secar e guardar em local adequado.

Embalagens e sacolas

No caso dos produtos industrializados, as embalagens devem ser higienizadas.

“É possível utilizar um borrifador de álcool 70% ou passar um pano multiuso ou papel toalha descartável umedecido na solução antes de guardar as embalagens. Também pode ser utilizado apenas água e sabão, para enlatados, por exemplo”, explica Maria Luisa .

Em relação às sacolas utilizadas para carregar as compras, as mesmas também merecem atenção. No caso das ecobags reutilizáveis, é indicada a higienização com álcool ou água e sabão, da mesma forma que as embalagens. Já para as tradicionais sacolinhas plásticas, caso sejam reutilizadas para qualquer outro fim, o recomendado é que elas fiquem imersas em hipoclorito, da mesma forma que os alimentos in natura .

Nas redes que integram a Cencosud Brasil – Bretas, GBarbosa, Perini, Mercantil e Prezunic – todos os colaboradores do setor de Perecíveis usam máscara, toucas e luvas para manipular alimentos prontos para consumo.

“As lojas também seguem protocolo interno para realizar a limpeza das esteiras dos checkouts, carrinhos e cestas de compras, corrimãos, placas de acrílico nos caixas, entre outras superfícies de contato. A higienização das mãos com álcool em gel ou a lavagem com água e sabão também é incentivada para ser realizada por colaboradores e clientes, com as lojas devidamente preparadas para atendê-los”, conclui Maria Luisa .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *