Parasita é o grande vencedor do Oscars 2020. Confira a lista completa!

Ontem, 09/02, a Academia quebrou paradigmas fortes e estourou a bolha para premiar Parasita (Parasite) com a maior categoria da noite: melhor filme. O Diretor Bong Joon Ho subiu ao palco para pegar o prêmio de melhor filme, assim como de melhor diretor, melhor filme internacional e melhor roteiro. O mais legal é que o filme, que era mesmo um dos favoritos, é Sul-Coreano. Quem diria, não?

HOLLYWOOD, CALIFORNIA – FEBRUARY 09: Bong Joon-ho accepts the International Feature Film award for ‘Parasite’ onstage during the 92nd Annual Academy Awards at Dolby Theatre on February 09, 2020 in Hollywood, California. (Photo by Kevin Winter/Getty Images)

O discurso de Ho foi bem bacana e ele citou Martin Scorcese e Quentin Tarantino. “Quando estudava, estudei os filmes do Scorsese e foi uma grande honra estar indicado. Quando as pessoas não conheciam meu filme, Quentin sempre colocava meus filmes na lista dele. Quentin, eu te amo! Agora vou beber até amanhã!”. E, aqui pra nós, eu beberia também. Merecidíssimo!

Quanto aos outros vencedores… segue a lista para quem dormiu:

Melhor Filme

“Ford vs Ferrari”
“O irlandês”
“Jojo Rabbit”
“Coringa”
“Adoráveis mulheres”
“História de um casamento”
“1917”
“Era uma vez em… Hollywood”
“Parasita” – VENCEDOR

Melhor Ator

Antonio Banderas – “Dor e Glória”
Leonardo DiCaprio – “Era uma vez em… Hollywood”
Adam Driver – “História de um casamento”
Joaquim Phoenix – “Coringa” – VENCEDOR
Jonathan Price – “Dois papas”

Melhor atriz

Cynthia Erivo – “Harriet”
Scarlett Johansson – “História de um casamento”
Saoirse Ronan – “Adoráveis Mulheres”
Charlize Theron – “O escândalo”
Renée Zellweger – “Judy: Muito Além do Arco-Íris – VENCEDORA

Melhor diretor

Martin Scorsese – “O irlandês”
Todd Phillips – “Coringa”
Sam Mendes – “1917”
Quentin Tarantino – “Era uma vez em… Hollywood”
Bong Joon Ho – “Parasita” – VENCEDOR

Melhor atriz coadjuvante

Kathy Bates – “O caso Richard Jewell”
Laura Dern – “História de um casamento” – VENCEDORA
Scarlett Johansson – “Jojo Rabbit”
Florence Pugh – “Adoráveis mulheres”
Margot Robbie – “O escândalo”

Melhor ator coadjuvante

Tom Hanks – “Um lindo dia na vizinhança”
Anthony Hopkins – “Dois papas”
Al Pacino – “O irlandês”
Joe Pesci – “O irlandês”
Brad Pitt – “Era uma vez em… Hollywood” – VENCEDOR

Melhor roteiro adaptado

“O irlandês” – Steven Zaillian
“Jojo rabbit” – Taika Waititi – VENCEDOR
“Coringa” – Todd Phillips e Scott Silver
“Adoráveis mulheres” – Greta Gerwig
“Dois papas” – Anthony McCarten

Melhor roteiro original

“Entre facas e segredos” – Rian Johnson
“História de um casamento” – Noah Baumbach
“1917” – Sam mendes e Krysty Wilson-Cairns
“Era uma vez em… Hollywood” – Quentin Tarantino
“Parasita” – Bong jooh Ho e Han Jin Won

Melhor documentário

“Indústria americana” – VENCEDOR
“The cave”
“Democracia em vertigem”
“For Sama”
“Honeyland”

Melhor edição

“Ford vs Ferrari” – VENCEDOR
“O irlandês”
“Jojo rabbit”
“Coringa”
“Parasita”

Melhor fotografia

“O irlandês”
“Coringa”
“O farol”
“1917” – VENCEDOR
“Era uma vez em… Hollywood”

Maquiagem e cabelo

“O escândalo” – VENCEDOR
“Coringa”
“Judy: Muito além do arco-íris”
“1917”
“Malévola: Dona do mal”

Melhor mixagem de som

“Ad astra – Rumo às Estrelas”
“Ford vs Ferrari”
“Coringa”
“1917” – VENCEDOR
“Era uma vez em… Hollywood”

Melhor edição de som

“Ford vs ferrari” – VENCEDOR
“Coringa”
“1917”
“Era uma vez em… Hollywood”
“Star Wars: A ascensão Skywalker”

Melhor curta-metragem

“Brotherhood”
“Nefta football club”
“The neighbors’ window” – VENCEDOR
“Saria”
“A sister”

Melhor figurino

“O irlandês”
“Jojo rabbit”
“Coringa”
“Adoráveis Mulheres” – VENCEDOR
“Era uma vez em… Hollywood”

Melhor canção original

“I can’t let you throw yourself away” – “Toy Story 4” – Randy Newman
“(I’m gonna) love me again” – “Rocketman” – Elton John e Bernie Taupin  – VENCEDOR
“I’m standing with you” – “Breakthrough” – Diane Warren
“Into the unknown” – “Frozen 2” – Kristen Anderson-Lopez e Robert Loopez
“Stand up” – “Harriet” – Joshuan Brian Campbell e Cynthia Erivo

Trilha original

“Coringa” – Hildur Guadnotóttir – VENCEDOR
“Adoráveis mulheres” – Alexandre Desplat
“História de um casamento” – Randy Newman
“1917” – Thomas Newman
“Star Wars: A ascensão Skywalker” – John Williams

Melhor animação

“Como treinar seu dragão 3”
“Perdi meu corpo”
“Klaus”
“Link perdido”
“Toy story 4”  – VENCEDOR

Melhor curta de animação

“Dcera (daughter)”
“Hair love”  – VENCEDOR
“Kitbull”
“Memorable”
“Sister”

Melhor curta documentário

“In the absence
“Learning to skateboard in a warzone”  – VENCEDOR
“Life overtakes me”
“St Louis Superman”
“Walk run cha-cha”

Melhor filme internacional

“Corpus christi” – Polônia
“Honeyland” – Macedônia do Norte
“Os miseráveis” – França
“Dor e glória” – Espanha
“Parasita” – Coreia do Sul  – VENCEDOR

Melhor design de produção

“O irlandês”
“Jojo Rabbit”
“1917”
“Era uma vez… em Hollywood”  – VENCEDOR
“Parasita”

Melhores efeitos visuais

“Vingadores: Ultimato”
“O irlandês”
“O rei leão”
“1917”  – VENCEDOR
“Star Wars: A ascensão Skywalker”

Ontem, 09/02, a Academia quebrou paradigmas fortes e estourou a bolha para premiar Parasita (Parasite) com a maior categoria da noite: melhor filme. O Diretor Bong Joon Ho subiu ao palco para pegar o prêmio de melhor filme, assim como de melhor diretor, melhor filme internacional e melhor roteiro. O mais legal é que o filme, que era mesmo um dos favoritos, é Sul-Coreano. Quem diria, não?

O discurso de Ho foi bem bacana e ele citou Martin Scorcese e Quentin Tarantino. “Quando estudava, estudei os filmes do Scorsese e foi uma grande honra estar indicado. Quando as pessoas não conheciam meu filme, Quentin sempre colocava meus filmes na lista dele. Quentin, eu te amo! Agora vou beber até amanhã!”. E, aqui pra nós, eu beberia também. Merecidíssimo!

Quanto aos outros vencedores… segue a lista para quem dormiu:

Melhor Filme

“Ford vs Ferrari”
“O irlandês”
“Jojo Rabbit”
“Coringa”
“Adoráveis mulheres”
“História de um casamento”
“1917”
“Era uma vez em… Hollywood”
“Parasita” – VENCEDOR

Melhor Ator

Antonio Banderas – “Dor e Glória”
Leonardo DiCaprio – “Era uma vez em… Hollywood”
Adam Driver – “História de um casamento”
Joaquim Phoenix – “Coringa” – VENCEDOR
Jonathan Price – “Dois papas”

Melhor atriz

Cynthia Erivo – “Harriet”
Scarlett Johansson – “História de um casamento”
Saoirse Ronan – “Adoráveis Mulheres”
Charlize Theron – “O escândalo”
Renée Zellweger – “Judy: Muito Além do Arco-Íris – VENCEDORA

Melhor diretor

Martin Scorsese – “O irlandês”
Todd Phillips – “Coringa”
Sam Mendes – “1917”
Quentin Tarantino – “Era uma vez em… Hollywood”
Bong Joon Ho – “Parasita” – VENCEDOR

Melhor atriz coadjuvante

Kathy Bates – “O caso Richard Jewell”
Laura Dern – “História de um casamento” – VENCEDORA
Scarlett Johansson – “Jojo Rabbit”
Florence Pugh – “Adoráveis mulheres”
Margot Robbie – “O escândalo”

Melhor ator coadjuvante

Tom Hanks – “Um lindo dia na vizinhança”
Anthony Hopkins – “Dois papas”
Al Pacino – “O irlandês”
Joe Pesci – “O irlandês”
Brad Pitt – “Era uma vez em… Hollywood” – VENCEDOR

Melhor roteiro adaptado

“O irlandês” – Steven Zaillian
“Jojo rabbit” – Taika Waititi – VENCEDOR
“Coringa” – Todd Phillips e Scott Silver
“Adoráveis mulheres” – Greta Gerwig
“Dois papas” – Anthony McCarten

Melhor roteiro original

“Entre facas e segredos” – Rian Johnson
“História de um casamento” – Noah Baumbach
“1917” – Sam mendes e Krysty Wilson-Cairns
“Era uma vez em… Hollywood” – Quentin Tarantino
“Parasita” – Bong jooh Ho e Han Jin Won

Melhor documentário

“Indústria americana” – VENCEDOR
“The cave”
“Democracia em vertigem”
“For Sama”
“Honeyland”

Melhor edição

“Ford vs Ferrari” – VENCEDOR
“O irlandês”
“Jojo rabbit”
“Coringa”
“Parasita”

Melhor fotografia

“O irlandês”
“Coringa”
“O farol”
“1917” – VENCEDOR
“Era uma vez em… Hollywood”

Maquiagem e cabelo

“O escândalo” – VENCEDOR
“Coringa”
“Judy: Muito além do arco-íris”
“1917”
“Malévola: Dona do mal”

Melhor mixagem de som

“Ad astra – Rumo às Estrelas”
“Ford vs Ferrari”
“Coringa”
“1917” – VENCEDOR
“Era uma vez em… Hollywood”

Melhor edição de som

“Ford vs ferrari” – VENCEDOR
“Coringa”
“1917”
“Era uma vez em… Hollywood”
“Star Wars: A ascensão Skywalker”

Melhor curta-metragem

“Brotherhood”
“Nefta football club”
“The neighbors’ window” – VENCEDOR
“Saria”
“A sister”

Melhor figurino

“O irlandês”
“Jojo rabbit”
“Coringa”
“Adoráveis Mulheres” – VENCEDOR
“Era uma vez em… Hollywood”

Melhor canção original

“I can’t let you throw yourself away” – “Toy Story 4” – Randy Newman
“(I’m gonna) love me again” – “Rocketman” – Elton John e Bernie Taupin  – VENCEDOR
“I’m standing with you” – “Breakthrough” – Diane Warren
“Into the unknown” – “Frozen 2” – Kristen Anderson-Lopez e Robert Loopez
“Stand up” – “Harriet” – Joshuan Brian Campbell e Cynthia Erivo

Trilha original

“Coringa” – Hildur Guadnotóttir – VENCEDOR
“Adoráveis mulheres” – Alexandre Desplat
“História de um casamento” – Randy Newman
“1917” – Thomas Newman
“Star Wars: A ascensão Skywalker” – John Williams

Melhor animação

“Como treinar seu dragão 3”
“Perdi meu corpo”
“Klaus”
“Link perdido”
“Toy story 4”  – VENCEDOR

Melhor curta de animação

“Dcera (daughter)”
“Hair love”  – VENCEDOR
“Kitbull”
“Memorable”
“Sister”

Melhor curta documentário

“In the absence
“Learning to skateboard in a warzone”  – VENCEDOR
“Life overtakes me”
“St Louis Superman”
“Walk run cha-cha”

Melhor filme internacional

“Corpus christi” – Polônia
“Honeyland” – Macedônia do Norte
“Os miseráveis” – França
“Dor e glória” – Espanha
“Parasita” – Coreia do Sul  – VENCEDOR

Melhor design de produção

“O irlandês”
“Jojo Rabbit”
“1917”
“Era uma vez… em Hollywood”  – VENCEDOR
“Parasita”

Melhores efeitos visuais

“Vingadores: Ultimato”
“O irlandês”
“O rei leão”
“1917”  – VENCEDOR
“Star Wars: A ascensão Skywalker”

Faço aqui uma ressalva à apresentação que me emocionou de um filme que foi sensacional. Hoje, sou fã do Elton John por causa dele: Rocketman! O próprio, ao piano, performou “(I’m Gonna) Love Me Again”. Assista:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *